22 de julho de 2014
busca
Destinos :: Rio de Janeiro :: Maricá
Maricá - RJ

Guia de Maricá - RJ

História de Maricá

HISTÓRIA DA CIDADE
Em 1814, um Alvará datado de 26 de maio e assinado pelo Príncipe Regente D. João, criava a “Vila de Santa Maria de Maricá” em homenagem a Rainha reinante D. Maria I de Portugal, conservando, porém, o nome derivado dos termos indígenas. “Mari”, que significa espinheiro e “cáa”, que traduz mato. Maricá seria, então, o mato de espinheiros, denominação justificada pela abundância de acácias espinhosas que existiam na região. Há também quem atribua a origem do nome a uma corruptela do termo Maracá, chocalho usado pelos índios.
O povoamento de Maricá começou no final do século XVI, efetivado pelos portugueses que haviam recebido terras em doação (as sesmarias) na faixa do litoral compreendido entre Itaipuaçu e a Lagoa de Maricá. Quando o Padre José de Anchieta chegou às margens da lagoa, em 1584 (onde se realizou a célebre pesca milagrosa) ali encontrou núcleos de povoamento em plena atividade, destacando-se as sesmarias de Antônio Marins, na região de São José de Imbassaí, e a de Manoel Teixeira, localizada junto à lagoa.
O primeiro centro efetivo de população localizou-se onde se encontra o povoamento de São José de Imbassaí e a Fazenda de São Bento, fundada em 1635 pelos Frades Beneditinos. Neste mesmo lugar foi construída a primeira capela da região, dedicada à Nossa Senhora do Amparo e reconhecida como Paróquia Perpétua em 12 de janeiro de 1755.
As febres palustres, que existiam ali, forçaram os colonos a mudar para o outro lado da lagoa, onde estabeleceram as bases da Vila de Santa Maria de Maricá, elevada a essa categoria em 1814, e destacando-se assim das terras do Rio de Janeiro, de Cabo Frio e da Vila de Santo Antônio de Sá, às quais pertencia.
Em 27 de novembro de 1889, logo após a Proclamação da República, a Vila de Maricá apresentava um tão grande progresso que o governo resolveu elevá-la à categoria de cidade.

 
Aniversário da cidade
26 de Maio.
 

Pontos Turísticos de Maricá

TURISMO


A cidade vem desenvolvendo ao longo dos anos, seu setor de turismo atraindo visitantes de diversas localidades, para suas lagoas plácidas e atraentes praias. Seu clima tropical, a variedade de atrativos naturais e os costumes simples da região são o paraíso do visitante.


Principais pontos turísticos


Pedra do Elefante (Parque da Serra da Tiririca)
Localização: Praia do Recanto (Itaipuaçu). Recanto de Itaipuaçu, 25km do Centro.
Acesso: Estrada da Serrinha (Mirante de Itaipuaçu), ou Km 15 da RJ 106 (à direita)
Características: Trilha de média dificuldade, vegetação de Mata Atlântica, parte superior em rocha íngreme, com vegetação de restinga no topo, altitude de 412m.
Dados Complementares: A 15 Km do Centro de Inoã, com altura de 412m. na forma de um elefante deitado com a tromba entrando no mar. Tendo a sua base coberta pela mata Atlântica e sua parte superior em rocha íngreme, possibilita caminhadas e escaladas de médio e alta dificuldade e área de preservação ambiental. É uma das melhores trilhas do Estado do Rio de Janeiro


Gruta do Spar
Localização: Mineração Spar (Cassorotiba)
Acesso: 15Km da RJ 106 (entrar à esquerda)
Características: Trilha leve, sendo composta de 02 cavernas, tendo em uma delas um lago artificial.
Dados Complementares: Por serem minas abandonadas do século passado, sua visitação só é permitida com prévia autorização.


Pedra do Macaco
Acesso: em São José do Imbassaí, 09km do Centro. Km 21 da RJ 106 (à esquerda)
Características: Trilha leve, com visão circundante das Lagoas de Maricá, e da Pedra de Inoã ao lado. Sua altitude é de aproximadamente de 300m.
Dados Complementares: A pedra tem esse nome devido nome a sua semelhança com um macaco sentado.


Serra do Camburi
Acesso: Estrada do Retiro, Km 24 da RJ 106
Características: Trilha de moderada a pesada, com vegetação densa de Mata Atlântica. Rica flora e fauna, altitude de aproximadamente de 400m.
Dados Complementares: Camburi é derivado do Tupi que significa "mato flexível"
 

Serra do Espraiado
Acesso: Entrar para o Espraiado no Km 38 da RJ 106, passando pelo Vale de São Francisco.
Características: Vegetação densa de Mata Atlântica, com muitos córregos e rios. Trilha moderada, com altitude de 600m.
Dados Complementares: De seu topo podemos avistar todo Vale de São Francisco e o litoral de Maricá, até Ponta Negra. Avista-se também o vale onde acontece a divisa de Tanguá e Rio Bonito, com belas cachoeiras.
 

Pico da Lagoinha
Localização: Espraiado/ Serra do Mato Grosso - 10 km do Centro da cidade.
Acesso: Estrada do Espraiado, Km 38 da RJ 106.
Características: Trilha pesada, vegetação densa de Mata Atlântica, com muitas pedras e córregos. Altitude de 889m.
Dados Complementares: Ponto culminante de Maricá e Região dos Lagos. Tem esse nome por causa de um açude perto de seu pico, construído pelos escravos.
 

Cachoeira do Espraiado
Situada no Bairro do Espraiado, com queda d'água de 3m. num lugar tranqüilo onde a mãe natureza comanda o espetáculo.
Propícia para caminhadas. 15 Km do Centro da Cidade.


Pedra do Silvado
Localização: Silvado na altura do Km 30 da RJ 106, entrar à esquerda, pegando a RJ 114
Acesso: Pela RJ 114 pegar a estrada para o Silvado
Características: Vegetação de médio porte. Visão circundante. Trilha pesada, com altitude de 623m.
Dados Complementares: É o segundo pico mais alto de Maricá. De seu cume tem a visão dos municípios vizinhos, até a Baía de Guanabara.
 

Pedra de Itaocaia
Localizada no loteamento Itaocaia Valley. 17 Km do Centro
Acesso: Km 15 da RJ 106 (Estrada de Itaipuaçu, 500m do Posto Golfinho)
Características: Trilha leve, com vegetação de Mata Atlântica, visão circundante, e altitude de 389m.
Dados complementares: O nome da pedra é derivado do Tupi Tocai, que significa espreitar , com intuito de ataque. Existiu nas imediações um quilombo, cujos quilombolas, frequentemente, atacavam os viajantes que por ali passavam para municípios vizinhos até Cabo Frio.


Paróquia de Nossa Senhora do Amparo
Da velha Paróquia de Santo Antônio de Sá (atual Igreja de são José), através do alvará de 12 de janeiro de 1775, constituiu-se a atual Paróquia de Nossa Senhora do Amparo.
Em 08 de dezembro de 1802, foi benta e para ela transladada a imagem de Nossa Senhora do Amparo. Saindo da Capela de São José de Imbassaí (antigo Baçuí).
Construída com mão-de-obra escrava, no prazo aproximado de 14 anos, ao menos em sua parte principal. Feita de pedra e barro, paredes de rara espessura, assenta a Matriz sobre uma elevação de 3 metros, construída especialmente como proteção, já que nas cheias a água avançava. 
O aterro utilizado nesta elevação foi transportado pelos escravos, quer em cestos em suas cabeças, quer em jacás ao lombo de animais, retirado do Bairro Boa Vista (antigo Bairro da Formiga).
Em estilo colonial, janelas no alto, seu interior lembra o rococó, altar mor de rara beleza, em transição do barroco com o neoclássico.
Visitação: Terça à Sábado - 08 as 12:00h.
14 as 17:00h.
Domingo - 07, 10 e 19:00h. (durante as missas)
Tel.: (0xx21) 2637.2111
End.: Praça Medeiros Correia, S/N - Centro - Maricá - RJ


Capela de São José de Imbassaí
Situada no outeiro do mesmo nome, área que serve como mirante. Está voltada para o canal de São Bento, avistando-se do local a Lagoa e a Restinga de Maricá, além das pedras de Inoã e dos Macacos.
Pequena capela construída em 1675, onde, em torno dela, formou-se o primeiro povoado de Maricá.
Arquitetura de valor histórico e ambiental de estilo jesuítico, caracteriza-se pela simplicidade.
Visitação: Segunda à Sábado - Hora marcada
Domingo - 07 as 12:00h.
End.: Estrada Real de Maricá, S/N - São José de Imbassaí - Maricá - RJ


Capela de Nossa Senhora da Saúde
Situada às margens da RJ - 114, em pequeno outeiro, avista-se todo o Vale da Saúde (Ubatiba), tendo ao fundo a Serra do Lagarto. Margeado a estrada destaca-se o Rio Roncador.
Visitação: hora marcada
End.: Estrada do Ubatiba, S/N - Ubatiba - Maricá - RJ


Capela de Nossa Senhora das Graças
Deve-se a sua construção ao esforço abnegado do Capitão Dr. José Caetano de Oliveira, que viu sua fé renascer em Ponta Negra (com seu avião em pane, fez promessa de construir uma igreja caso sobrevivesse).
End.: Praça São Pedro Apóstolo, S/N - Ponta Negra - Maricá - RJ


Capela de São Pedro
Situada em Araçatiba, em dedicação aos pescadores.
End.: Araçatiba, S/N - Centro - Maricá - RJ


Capela de Nossa Senhora de Fátima
Situada em Itaipuaçu com a pedra fundamental datada de 13/05/67.
End.: Estrada de Itaipuaçu, S/N - Itaipuaçu - Maricá - RJ


Prédio da Casa de Cultura/Antiga Câmara e Cadeia
Localiza-se na Praça Dr. Orlando de Barros Pimentel no Centro da Cidade, tendo como entorno a Casa do Futuro, Biblioteca Municipal e a Matriz de Nossa senhora do Amparo.
Construção do século XIX, foi projetada para satisfazer as exigências administrativas e jurídicas da comunidade. A simetria da construção parece advir dos padrões neoclássicos, assim como seu frontão triangular.
As janelas e portas, porém, não apresentam o arco típico deste estilo, ostentando a verga reta em todos os vãos. Uma rosácea em cantaria adorna os fechos da porta de entrada e uma cautela no frontão indica o ano do término da obra. Serviu também para instalar o Banco do Brasil e até pouco tempo a Academia de Letras do Município. Saiba mais sobre...
End.: Rua Álvares de Castro, 103 - Centro - Maricá - RJ


Fazenda do Pilar
Casarão do período colonial, onde ficaram hospedados a Princesa Isabel e o Conde D'Eu.
End.: Rodovia 114, S/N - Saúde - Maricá - RJ


Fazenda Itaocaia
Cercada de lendas, que vivem na imaginação daqueles que conhecem as ruínas da senzala, a capela quase intocada e o seleiro secular, as poucas lembranças da história do modesto ciclo da cana-de-açúcar de Maricá, utilizava mão-de-obra escrava, que também serviu como ninho de amor de D. Pedro I e a sua famosa amante Marquesa de Santos sempre que o imperador ia para Cabo Frio, hospedou e de cenário para novela Tocaia Grande, da extinta Rede Manchete, está aberta à visitações.
Uma outra forma de voltar ao passado é se instalando no local, que virou uma pousada.
End.: Itaocaia Valley, S/N - Itaipuaçu - Maricá - RJ


Farol de Ponta Negra
O Farol fica no alto auxiliando as embarcações ainda hoje; sua manutenção é feita pela Marinha, sendo sua data de construção de origem desconhecida, servindo também como mirante, de onde se tem uma das mais belas paisagens do Município de Maricá.
End.: Alto Farol, S/N - Ponta Negra - Maricá - RJ


Praia da Barra de Maricá
Situada entre as Praias de Itaipuaçu e Guaratiba, tem extensão de 9 Km e largura entre 15 e 20m, com vegetação rasteira típica de restinga.
Águas transparentes e esverdeadas, com areias claras.
Entorno composto pela restinga, Lagoa de Maricá (Bairro de Zacarias, onde se localiza a vila de pescadores), por grande número de construções, quiosques e pelas dunas que ainda se encontram preservadas. 
É praticada a pesca de linha e própria para o banho.


Praia de Ponta Negra
Praia de Ponta Negra Belíssimo canal de Ponta Negra, próprio para banho. Passeando nas pedras, temos várias belas surpresas
Praia oceânica, situada no extremo leste da Restinga de Maricá, com 5 Km de extensão e largura entre 20 e 30m.
Águas frias e transparentes, com areias claras.
Paisagem formada por Ponta Negra e seu farol, pela Restinga de Maricá, pela Lagoa de Guarapina e pelo canal de ligação, entre as Lagoas de Guarapina e do Padre ao oceano.
Trecho mais propício a banhos e a prática do Surf .


Praia de Jaconé
Entre Ponta Negra e divisa de Saquarema, praia oceânica, com extensão de 4 Km e largura de 25m. Vegetação rasteira, típica de restinga. Águas esverdeadas, com temperatura agradável. Areias finas e claras.
Localiza-se nos limites com a Restinga de Saquarema, a Lagoa de Jaconé. Contornada pela serra de Jaconé e por loteamento de veraneio na área da restinga.


Praia de Araçatiba
Praia lacustre, com 200m de extensão e 8m de largura, Águas de temperatura agradável. Solo arenoso com lama na parte mais profunda.
Cercada por construções, pela Capela de São Pedro, ancoradouro de barcas, onde se encontra a Cruz do Padre José de Anchieta, e amendoeiras na orla da praia.
Propícia para o banho, prática de esportes e excelente para caminhadas.


Praia de Cordeirinho
Entre as Praias de Ponta Negra e Guaratiba. Praia oceânica, com 4,5 Km de extensão e largura entre 15 e 20m.
Vegetação rasteira típica de restinga, predominando espécies de gramíneas. Águas transparentes e esverdeadas, com areias claras.
Na paisagem circundante se destacam a vegetação e restinga e a Lagoa do Padre.
É praticada a pesca de linha e própria para o banho.


Praia de Guaratiba
Entre as Praias da Barra de Maricá e Bambuí. Praia oceânica, na Restinga de Maricá, tem extensão de 4 Km e largura entre 15 e 20m.
Vegetação de restinga, predominando espécies de gramíneas.
Águas transparentes e esverdeadas, com areias claras.
Circundada pela Restinga de Maricá, Lagoa da Barra de Maricá e grande número de casas de veraneio.
É praticada a pesca de linha e própria para o banho.


Praia de Itaipuaçu
Praia oceânica, com extensão de 15 Km e largura entre 20 e 30m., com águas transparentes e esverdeadas, cuja temperatura varia entre fria e morna e areias claras. Circundada pela Pedra do Elefante (mata atlântica e mirante), Serra da Tiririca, Pedra de Itaocaia, além de grande número de construções.
É praticada a pesca de linha e própria para o banho. 


Praia de Jacaroá
Praia lacustre com 150m de extensão e 6 de largura.
Águas mornas de pouca transparência, solo arenoso de cor escura com lama na parte mais funda.
Cercada pela Ponta da Cardosa, Restinga de Maricá, e por parte da Ilha da Cardosa. Propícia a banhos, apresentando boas condições para ancorar pequenas embarcações, e para a pesca de linha e rede.


Lagoa de Maricá
Com área de 18,74 Km2, interliga-se com as Lagoas da Barra, Padre, Araçatiba e Guarapina, esta última ligando o complexo lacustre de Maricá ao oceano, na altura de ponta Negra. Vegetação variada, ao sul, Típica de restinga e nos trechos alagadiços destaca-se taboa, cujas folhas são usadas para tecer esteiras e cestas.
Águas mornas, com pouca transparência.
Há uma praia propícia para banhos, de Araçatiba. 
Circundada pela restinga de Maricá, ponta do Boqueirão e canal de São Bento.
Pratica-se pesca de rede, de linha e esportes náuticos.


Lagoa de Guarapina
A nordeste de Ponta Negra, com extensão de 6,5 Km, vegetação bastante devastada, exceto junto à Foz do Rio Doce, onde a vegetação é de várzeas.
Águas mornas e de pouca transparência.
Paisagem composta pela Restinga de Maricá, pela área urbana de Ponta Negra e pelo canal que liga as Lagoas de Guarapina e do Padre ao mar. Destaca-se também a Serra de Jaconé, com vegetação tropical preservada. Propícia a pesca e a esportes náuticos.


Lagoa de Jaconé
Divisa entre os municípios de Maricá e Saquarema. Áreas de 2,52 Km2, com águas esverdeadas, pouco transparentes e temperatura morna.
Paisagem composta pela Praia de Jaconé, com vegetação rasteira pela Serra de Jaconé, com vegetação tropical densa.
Pratica-se a pesca embarcada e de tarrafa, além da pesca de molinete.


Lagoa da Barra
Entre a Restinga de Maricá e a Serra do Caju, com área de 6,52 Km2, é subdividida em duas, pelas Ponta da Preguiça e do Fundão.
Águas mornas, de pouca transparência.
Encontra-se nela a Ilha da Cardosa, com vegetação preservada e a Praia de Jacaroá, trecho mais utilizado para banhos.
Paisagem composta das Pontas do Fundão e da Preguiça, da Ilha da Cardosa e da parte sul da restinga de Maricá.
Propícia a esportes náuticos, a pesca de linha e a da rede, principalmente próximo à Ponta da Preguiça e Ilha da Cardosa.


Lagoa do Padre
Entre as Lagoas da Barra e de Guarapina, com área de 2,20 Km2, é a menor do complexo lacustre de Maricá.
Águas mornas, de pouca transparência. Não há ilhas ou praias.
Circundada pela Restinga de Maricá e diversos loteamentos de veraneio.
Pratica-se pesca de linha, de rede e esportes náuticos.


Restinga de Maricá
Faixa arenosa com 42 Km de extensão e largura variável, que acompanha o litoral desde ponta Negra até ponta de Itaipuaçu.
Altura variável entre 2 e 5m., com trechos de vegetação típica de restinga: cactus, bromélias, espécies diversas de gramíneas e arbusto de baixo porte.
Aproximando-se do mar, esta vegetação é substituída por dunas, solo e areias claras e grossas.   
Circundada pela Pedra do Elefante, Ponta Negra, Oceano Atlântico e o complexo lacustre de Maricá, com a Lagoa de Maricá, Barra, Padre e Guarapina.


Informações Úteis


Prefeitura Municipal de Maricá
Prefeito Engº. Washington Luiz Siqueira Cardoso (Quaquá)
Tel.: (21) 2637.2052
End.: Rua Álvares de Castro, 346 – Centro – Maricá/RJ
Cep.: 24.900-000


Secretaria Municipal de Turismo e Lazer
Secretário Carlos José Moreira Soares
Tel/Fax: (21)
E-mail:
turismo@marica.rj.gov.br
End.: Praça Conselheiro Macedo Soares, s/n° – Centro – Maricá/RJ
Cep.: 24.900-000


Hospital Municipal
Conde Modesto Leal
Tel.: (21) 2637.1713
End.: Rua Domício da Gama, 433 – Centro – Maricá/RJ


Terminal Rodoviário
Jacinto Caetano
Tel.: (21) 2629.5013
End.: Avenida Roberto Silveira, s/nº – Centro – Maricá/RJ


Delegacia de Polícia – 82ª DP
Tel.: (21) 2637.2513
End.: Rua Athayde Parreiras, s/nº – Centro – Maricá/RJ


5ª CIA de Polícia Militar
Tels.: (21) 2637.9190 / 3399 / 4782
End.: Av. Ver. Francisco Sabino da Costa, s/nº – Centro – Maricá/RJ


Aeroporto Municipal
Tel.: (21) 2637.1635
End.: Av. Santos Dumont, s/nº – Araçatiba – Maricá/RJ


Guarda Municipal
Tel.: (21) 2637.8737
End.: Av. Nossa Senhora do Amparo, 269 – Centro – Maricá/RJ


Corpo de Bombeiros
Tels.: (21) 2637.5578 / (21) 3399.4556 / (21) 3399.4555
End.: Rodovia Amaral Peixoto, Km 28,5 – Maricá/RJ


CRÉDITOS
Informações e fotos
Site:

www.marica.rj.gov.br
Prefeitura Municipal de Maricá
Secretaria Municipal de Turismo e Lazer