16 de abril de 2014
busca
Destinos :: São Paulo :: Pedreira
Pedreira - SP

Guia de Pedreira - SP

História de Pedreira

HISTÓRIA DA CIDADE
Pedreira foi colonizada por imigrantes italianos que chegaram aos milhares por todo o Estado de São Paulo, para trabalharem na lavoura, na época áurea de café.
Um proprietário de grandes áreas na região, Coronel João Pedro de Godoy Moreira, deu início à história da cidade, quando resolveu lotear parte de suas terras, em 1889.
Os lotes foram vendidos, alguns doados com promessa de permanecerem e trabalharem no lugarejo, as ruas foram abertas e pedreira foi crescendo até conquistar sua emancipação política em 31 de outubro de 1896.
Com a queda do café, deu-se início a um outro modelo econômico: a indústria da porcelana, iniciada em 1914, através dos irmãos Ângelo e Antonio Rizzi. Daí, a indústria e o comércio se expandiram e se diverficaram. Hoje, Pedreira tem cerca de 450 empresas produtora e lojas, decoradoras e comércio de louças, porcelanas, faianças, ferros, cerâmicas, alumínios, resinas, madeiras, gessos, vidros, artigos domésticos, de adorno e peças artísticas.
As lojas são especializadas  no atendimento aos turistas, instaladas em pontos de fácil acesso e permanecem abertas nos fins de semana e feriados.
Ainda no setor industrial, Pedreira detém as principais empresas de isoladores elétricos.
Temos ainda indústrias de gelatina, elástico plástico, fios de algodão etc.
Ladeada por montanhas e cortada pelo Rio Jaguari, Pedreira está localizada numa região de grande beleza natural. Também por isto, está em franco desenvolvimento nosso Turismo Rural.


Origem do nome
Apesar de muitas pedras (blocos erráticos) desta região, principalmente dentro do Rio Jaguari, o topônimo Pedreira tem outra origem, não das pedras, mas dos muitos Pedros existentes na família do fundador da cidade – o Cel João Pedro de Godoy Moreira, que teve como irmãos Antonio Pedro, José Pedro, Joaquim Pedro, Bento Pedro e seu pai que também se chamava João Pedro de Godoy Moreira. Daí o lugar se denominar inicialmente “Dos Pedros”, posteriormente “Dos Pedreira” e finalmente “Pedreira”.


Aniversário da cidade
31 de Outubro.

 

Pontos Turísticos de Pedreira

TURISMO


Principais pontos turísticos


Complexo Turístico do Morro de Cristo
Com acesso pela Avenida Joaquim Carlos, o Complexo é composto pelo Portal de Entrada que retrata as construções realizadas em Jerusalém. Distribuídas ao longo do morro, encontram-se as 14 Estações da Via–Sacra, em azulejos pintados à mão por artistas pedreirenses, representando os passos de Jesus a caminho do Calvário. No primeiro platô, existe uma praça em homenagem a Nossa Senhora Aparecida. Seguindo o trajeto, avista-se a imagem do Cristo Redentor. Nesse local também há o monumento da Revolução Constitucionalista de 1932, pois o acesso ao Morro existe desde esta época, quando os soldados implantaram nele suas trincheiras. Do local se tem uma visão panorâmica da cidade.


Zôo-bosque Municipal "Prefeito Adolfo Lenzi"
Possui uma área de mais de 33.000 mts2, remanescente de mata nativa com inúmeras espécies vegetais, onde abriga vários animais e aves, podendo também desfrutar de quiosques, playground e lanchonete (delícias do campo). É sede da Secretaria do Meio Ambiente e desenvolve diversos cursos de Educação Ambiental. O acesso é feito pela Rua Santos Dumont.


Rio Jaguari
Corta o Município de Pedreira, passando pelo centro da cidade. Inúmeras ilhas embelezam o panorama em vários pontos. Numa delas, próximo à Igreja Matriz de Santana, o acesso é feito por uma das pontes pênseis, que servem à travessia de pedestres. O Rio Jaguari é propício para o desenvolvimento da pesca esportiva. Pode-se ter visões privilegiadas do Rio ao longo das Avenidas Wanderley José Vicentini, Joaquim Carlos, travessa Avelino Motta, entre outras.


Boulevard Rio Jaguari (Ciclovia)
Localizado às margens do Rio Jaguari, na Vila São José, próximo ao monumento em homenagem aos Expedicionários. O local é totalmente arborizado, num ambiente tranqüilo e de bonitos recantos. Muito utilizado por pedestres, patinadores, ciclistas e skatistas. O acesso é feito pela Avenida Joaquim Carlos.


Praça Ângelo Ferrari
Local conhecido como Jardim Público, possui árvores frondosas, além de diversos monumentos que atestam fatos e personagens marcantes da história de Pedreira. Está localizado na região central da cidade, com acesso pelas Ruas XV de Novembro e Antonio Pedro.


Praça José Stranieri
Remanescente da Fazenda São José, ainda conserva a casa da Fazenda, que teve como primeiro proprietário o irmão do Fundador da cidade, o Sr. Antonio Pedro de Godoy Moreira. O acesso é feito pela Rua Antonio Pedro.


Praça Sant'Ana
Localizada na parte frontal da Matriz Santana, é local de descanso e lazer. Está localizada entre as Ruas Antonio Castelo e Siqueira Campos.


Museu Histórico e da Porcelana
Instalado em antigo sobrado do final do século XIX, seu acervo é composto por peças que retratam aspectos da fundação da cidade, imigração italiana, ferrovia, saúde, entre outros, sobressaindo fotografias, mobílias e peças de porcelana que destacam a trajetória deste setor, em Pedreira. O Museu conta ainda com uma mini-fábrica que demonstra o processo de fabricação das porcelanas. O Museu funciona também aos sábados, domingos e feriados, das 09H00 às 17H00.


Casa do Fundador da Cidade "Coronel João Pedro de Godoy Moreira”
A residência foi construída pelo Cel. João Pedro, fundador de Pedreira. Na bandeira de ferro de sua porta de entrada temos a data de 1893 e as iniciais de seu nome (J.P.G.M.).
O imóvel foi construído durante o século XIX, no estilo neoclássico, apresentando uma tipologia arquitetônica única, destacando-se entre as demais. É um dos últimos remanescentes da fase inicial do desenvolvimento urbano de Pedreira – uma das cidades da região que ainda mantém a casa de seu fundador.
Localizada na Praça Cel. João Pedro, com área construída de 290 m2.


Igreja Matriz de Sant'Ana
Construída entre os séculos XIX e XX em estilo gótico, com duas torres que ostentam nos aspectos vértices, cruzes iluminadas e relógio histórico. Possui na fachada, vitrais que retratam passagens bíblicas e a Capela do Santíssimo foi pintada com afrescos pelos artistas plásticos da cidade. Está localizada no centro da cidade, entre a Rua Antonio Castello e Siqueira Campos, e tem um agradável jardim na sua parte frontal.


Morro de Maria
Inaugurado durante as comemorações dos 110 anos de Pedreira, representam os mistérios do Rosário. As pinturas foram realizadas por artistas locais. Está localizado à Rua Paulo Ferraresso.


Casa do Padre Alexandrino
A casa foi construída pelo primeiro padre de Pedreira, Alexandrino Felicíssimo do Rego Barros, na Praça Cel. João Pedro, trazendo na bandeira de ferro da porta de entrada a data de 1894 e as suas iniciais (AFRB).
A construção apresenta uma tipologia arquitetônica que se destaca entre as demais, representando a fase inicial urbana da cidade. Ainda possui no teto de uma das salas, uma pintura feita em 1º de dezembro de 1894, por Pedro Gallinaro, representando a Anunciação de Nossa Senhora, e na entrada da casa o artista também pintou paisagens que representam à cidade.


Estação da Companhia Mogiana de Estrada de Ferro
Prédio histórico dos primórdios de Pedreira, a antiga estação de trem foi inaugurada em 15 de novembro de 1875. Foi construída em terreno doado pelo Capitão José Pedro de Godoy Moreira, irmão do fundador de Pedreira.
Funcionam no local, atualmente, a Secretaria Municipal de Turismo, o Posto de Informações Turísticas, e a Feira de Arte e Artesanato de Pedreira
Localizado na Praça Cel. João Pedro, possui área de 264 m2.


Prédio da Prefeitura Muinicipal de Pedreira
O local foi construído em 1834 e nele residiram inicialmente o pai do fundador de Pedreira, também chamado Cel. João Pedro de Godoy Moreira e esposa.
No seu segundo casamento, eles residiam na Fazenda onde atualmente funcionam as Galerias Plaza e Sérgio. Nesta casa, nasce o fundador de Pedreira, mesmo nome do pai, em 22 de dezembro de 1836.
Quando da elevação de Pedreira a município, o prédio passa a ser habitado pelo seu 1º Intendente (Prefeito) Emiliano Pires de Ávila, também grande produtor de café, gerando muita riqueza para a cidade.
No prédio em questão também funcionou, por muitos anos, a Câmara Municipal.
Localizado na Praça Epitácio Pessoa, com área de 508 m2.


Assossiação de Agroturismo de Pedreira e Região
O objetivo da Associação é integrar as propriedades com interesse comum no Turismo Rural que além de ser um resgate histórico e cultural, também agrega valor aos produtos da agricultura como: queijos, vinhos, compotas, geléias, cachaças, licores, massas, pães e etc.
O artesanato rural com fibras naturais, cipós, bambu, bucha vegetal é produzido de forma ambientalmente correta.
E para quem gosta de aventura não faltam atrativos: trilhas, passeios a cavalo, acqua ride e tirolesa.


Capela Nossa Senhora da Conceição
Construída entre os séculos XVII e XIX. Possui sino da época do Império. Está localizada no Bairro Entre Montes, com acesso pela Rua José Rocco. O local onde se situa a Capela é cercado de vales e muita paisagem, tendo se destacado no passado principalmente pelas plantações de café.


Capela Bom Jesus
Com mais de um século de construção, é um marco histórico muito visitado na parte antiga da cidade.

 


Informações Úteis


Secretaria de Divulgação e Turismo
Endereço: Praça Coronel João Pero, nº. 01 - Centro.
Fone: (19) 3853-3203
Email:
turismo@pedreira.sp.gov.br

                                                   

CRÉDITOS
Informações e fotos
Site:

www.pedreira.sp.gov.br    
Prefeitura Municipal de Pedreira
Secretaria de Divulgação e Turismo